Uma manhã no campo de girassóis

Em 04.08.2016   Arquivado em Lembranças

Passar as tardes conferindo o feed do Facebook é um costume. Muitas vezes acabo me deparando com um bando de informações que não me acrescentam nadica de nada, mas tem os dias em que coisas boas acontecem e eu dou de cara com conteúdos que realmente podem interferir na minha vida de um jeito muito positivo, como essa matéria que a Paula escreveu para o Campo Grande News.

Um campo de girassóis! Um campo de girassóis pertinho, pertinho de Campo Grande, gente!!! A vontade de conhecer esse lugar bateu instantaneamente e hoje, enfim, nós fomos encontrar esse mundão amarelo <3

Pegamos a estrada sem a certeza de que estávamos no caminho que nos levaria até lá. Admito que durante uns bons quilômetros fiquei me tremendo no banco, nervosa com a possibilidade de perdermos a viagem (e consequentemente, a gasolina rs) e talvez, só talvez, eu tenha começado a externar esse meu pânico nada positivo kfgmdfkgmdfkg mas tááá, depois de andar, andar e andar naquele asfalto todo, eis que encontramos a placa sinalizando que estávamos perto da termelétrica William Arjona, então ficamos naquela “é, acho que agora a gente entra nessa estrada de terra aqui”.

Andamos mais um cadinho (coração martelando louco de ansiedade) e aí PLAU, GIRASSÓIS! Girassóis gigantes, girassóis lindos e a melhor parteeeee, eles ainda não estão (totalmente) secos! Vamos às explicações. Se você não leu a matéria da Paula ainda, não sabe que o ciclo está terminando, e é o que está acontecendo. Isso significa que as flores começam a murchar, secar e enfim, a natureza age e os girassóis se acabam. De fato, alguns estão completamente secos e vários (váááááários) estão com as flores enrugadas e caídas, pétalas amarelas dando seus últimos suspiros, mas nós conseguimos chegar à tempo de encontrar algo inédito para os nossos olhos. Um campo de girassóis gigantes <3

Olha aquela imensidão toda atrás da gente *-* Coisa mais linda! A maioria dos girassóis próximos à estrada estavam assim, secos e murchos, mas deu pra notar que os mais afastados continuam irradiando vida. Só que, né, não rolava desbravar o campo a esse ponto então as fotos aconteceram ali na beirinha mesmo.





Além das fotos, Mendi também gravou alguns momentos e reuniu tudo em um vídeo, devidamente publicado no instagram dela. Vocês podem conferir aqui, caso queiram (eu não canso de assistir fjgnfj) <3

Quero voltar lá ano que vem pra fazer registros ainda mais incríveis, e de preferência com dona Mendi do meu lado outra vez. Um muito obrigada ao sr. João Carlos Stefanello por todo esse cultivo e à Ju Feliz, por ter ensinado essa (ex </3) aluna desesperada a chegar nos girassóis!

Facebook ✩ Instagram

  • Enya

    Em 04.08.2016

    Coisa mais linda vcs duaaaaaaaas!

    quando for aí quero conhecer tb <3 e as fotos tão incríveis!

  • POR DEUS, Nicolle!

    Em 04.08.2016

    tem que vim na época da plantação!!! nesse dia, por exemplo, eles já estavam murchinhos. acho que junho/julho é o período ideal para <3

    obrigada, bby!!

  • Clayci

    Em 04.08.2016

    Suas fotografias são maravilhosas *_*
    Meu sonho ir em um campo desses =/
    Me leva Nic

  • POR DEUS, Nicolle!

    Em 04.08.2016

    Obrigada, Clayyy <3 Levo! Ano que vem os girassóis vão ser plantados novamente, então é só vir!!

  • Ana Sousa

    Em 04.08.2016

    Seu sobrenome me é tão incomum mas achei tão incrível ♥.
    Estava passando pelas postagens de agosto no grupo e vi uma linda foto de Girassol, eu precisei vir aqui e ganhei a viagem. Amei seu blog e as fotos me foram encantadoras.

  • POR DEUS, Nicolle!

    Em 04.08.2016

    Ana, seu comentário me deixou extremamente feliz *-* Obrigada, obrigada, obrigada. Volte sempre <333

  • Stephanie Ferreira

    Em 04.08.2016

    JÁ QUERO CONHECER <3
    As fotos ficaram lindas!!

  • POR DEUS, Nicolle!

    Em 04.08.2016

    VENHA! Lugar pra ficar a senhorita tem <3
    Obrigada!!