As melhores capas da minha estante!

Em 17.03.2017   Arquivado em Livros

Estava organizando meus livros (ou será que “bagunçando ainda mais” se encaixa melhor?) quando lembrei da vontade de fazer um post mostrando as capas mais lindas que tenho aqui em casa. Eu fico impressionada em como algumas editoras capricham de verdade na hora de pensar nesse detalhe dos trabalhos publicados.



Não é segredo que a DarkSide manda muito bem ao pensar na estrutura física de seus títulos. Além de publicarem uma temática bastante específica, a qualidade do produto acaba sendo outra de suas características mais marcantes. A Menina Submersa e Menina Má são os únicos que tenho até agora, mas não tenho dúvidas de que se tivesse outros livros dessa editora, eles com certeza apareceriam neste post.

Meu amor por essa capa nasceu no instante em que tirei o livro da caixa, quando a correspondência chegou em casa. Queria que meu amor pelo livro fosse tão grande quanto hahahahah

Essa edição de Mockingjay é hardcover com jacket. Quando tirei a capinha de papel pra ver como eles tinham feito por debaixo dela, não pensei duas vezes em descartar a senhora jacket. Onde que eu seria capaz de esconder esse tordo lindo atrás daquela capa que todo mundo já conhece????? Não, não. Inclusive sonho com o dia que terei as mesmas edições de Hunger Games e Catching Fire do ladinho desse, todos sem a jacket hahahahah

Menina Má não é o único livro com rosto na capa aparecendo por aqui eeeee

Extraordinário é um dos meus preferidos da vida e essa capa ganhou meu coração!

Um livro não deve ser julgado pela capa, mas precisamos concordar que esse é um fator fundamental no produto. As vezes, quando estou passeando pela livraria, fico com vontade de levar algum que eu nunca tenha ouvido falar pra casa. Dificilmente vou pegar um cuja capa não chame a minha atenção de um jeito positivo e infelizmente o que mais vejo entre as estantes das lojas são imagens que causam pouco impacto, ou então fontes (desculpe a palavra) feias nos títulos. Acho que todas as editoras precisam pensar nesses detalhes com mais carinho, são pontos importantes no trabalho final.

Os posts da semana que vem estão sendo finalizados e o próximo vai ao ar terça-feira, dia 21. Vai ter resenha de livros e mangás pra vocês!

Espero vê-los aqui de novo ❤

Facebook ✩ Instagram ✩ Skoob

Como seria minha playlist de Hunger Games

Em 15.03.2017   Arquivado em Livros, Música

Não sei vocês, mas volta e meia escuto algumas músicas e automaticamente associo as letras à determinados livros (as vezes acontece com tanta força que, de verdade, fico me perguntando como aquele trabalho não foi colocado na trilha sonora oficial, por se encaixar demais com a trama ou combinar com a personalidade de uma determinada personagem). Pensando nisso, resolvi separar as músicas que provocam esses sentimentos em mim para mostrar pra vocês a quais livros relaciono cada uma delas, começando por Hunger Games. Vamos lá?

Me pergunto de verdade quantos de vocês vão ouvir as músicas, então resolvi colocar aqui embaixo os links que levam a cada letra — no fundo, são elas que realmente importam na criação deste post.

01. This is War // 02. Young

03. Closer to the Edge // 04. Vox Populi // 05. See You Again

06. Hurricane // 07. Draw Your Swords

Será que eu acho que as letras de 30 Seconds to Mars combinam com Hunger Games? hahahah Precisei até podar mais pra não colocar o This is War praticamente inteiro. As faixas que escolhi dessa banda referem-se quase que totalmente à trama geral, mas em Hurricane eu enxerguei muito do relacionamento que Katniss tem com Gale no pós-Jogos (ainda mais no terceiro livro, Mockingjay) e Closer to the Edge diz muito sobre como ela se sente sobre Peeta, as consequências que as atitudes dela provocaram nele no primeiro livro e no começo de Catching Fire.

Sobre Young: não tenho palavras pra agradecer Kate por ter me mostrado essa música. Assim que bati os olhos na letra, vi Gale em cada verso e a melodia da música reforça isso ainda mais — tem raiva, as batidas pesadas… é muito a vibe dos livros, ao meu ver. Se pudesse pedir para que vocês conferissem uma única letra dessas que coloquei no post, seria essa. See You Again, venhamos e convenhamos, pode se encaixar em várias histórias que sofrem muitas perdas e eu precisava retratar esse sentimento específico de alguma forma, portanto: see you again hahah Enquanto visualizei Gale e Katniss em Hurricane e enxerguei as palavras de Katniss pra Peeta em Closer to the Edge, vi o que o filho do padeiro sente por ela em Draw Your Swords. Todo o amor, toda a insegurança, todos os estragos que os jogos provocaram no psicológico — que não foram poucos.

Pessoal, o que vocês acharam desse tipo de post? É importante saber porque, bem, as chances de que publicações como essa se repitam são altas hahahah Por fim, quero agradecer Mendi e Kate. Uma por me ajudar com praticamente tudo nesse cantinho e a outra por me apresentar ótimas músicas ❤

E vocês, acrescentariam alguma música à playlist?

Facebook ✩ Instagram ✩ Skoob

Página 3 de 401234567... 40Próximo