As 3 fotos de março! (Mês a Mês)

Em 03.03.2015   Arquivado em Fotografia

Foi no início de fevereiro que Máira, do Dama Turquesa, compartilhou seu interesse em participar de um projeto fotográfico. Já estava sentindo uma vontade enorme de fotografar cada vez mais e mais, então quando li a mensagem dela senti a empolgação me invadir com tudo: aquela poderia ser uma ótima oportunidade de desenvolver meu olhar com a câmera!! Assim nós conversamos, trocamos ideias, pesquisamos para saber se alguém já tinha pensado na mesma coisa e como não encontramos nada, chegamos em alguns resultados. O primeiro deles é o assunto desse post <3

Algumas datas acabam conciliando com o número do mês: três de março (03/03), quatro de abril (04/04), cinco de maio (05/05). Ei, por que não trabalhar um projeto fotográfico em cima disso? Foi pensando assim que chegamos no “Mês a Mês“, que consiste em publicar o número de fotos correspondente ao número da data/mês. Ficou claro? Tenho quase certeza que não (sou péssima em explicar as coisas, urgh), então vamos olhar na prática!

Sendo março o mês 3 e hoje, dia 3 (e terça-feira também, eita), nós nos comprometemos em postar nada mais, nada menos queeee 3 fotos. Para a primeira postagem não estipulei nenhum tema nos meus clicks, pensei apenas em registrar detalhes da última semana pra cá. Sem mais delongas, vamos às fotos!

É possível fangirlizar um caderno? Caso seja, sim, estou fangirlizando o meu. Confesso que não lembro quando tinha sido a última vez que comprei um e, cara, com isso eu também não lembrava como um desses é necessário. Tá sendo infinitas vezes mais fácil me organizar na faculdade e como não estou matriculada em 10 matérias (amém), sobrou espaço para que eu possa escrever o que der na telha.

Minha rotina é pra lá de corrida, então flagrar céus como esse é algo muito raro (porque, né, tô sempre dentro de alguma sala e quando saio já tá tudo escuro). Maaaas semana passada foi essa paisagem que eu dei a sorte de presenciar ao olhar pela janela e, vamos combinar, seria uma baita mancada se tivesse deixado passar batido.

Março começou com essa surpresa toda trabalhada na fofura <3 Temos uma pimenteira aqui em casa e essa coisinha verde é a nossa primeira pimenta! Tomara que venham muitas outras :3

Mas pimentinhas não são as únicas coisas pelas quais estou torcendo por. Antes de finalizar, quero deixar registrado que estou radiante por iniciar o POR DEUS, Nicolle! com o primeiro passo de algo que eu queria muito participar. Muito obrigada por ter embarcado nessa comigo, Máira, e que venham mais olhares, mais fotos, mais clicks e mais projetos!

“POR DEUS, Nicolle!”

Em 28.02.2015   Arquivado em Textos

Perdi as contas de quantas foram as vezes em que eu escutei isso, de verdade verdadeira. Em algumas situações esses três nomes vieram acompanhados por um ponto de exclamação, em outras o ar de bronca não passou despercebido e é impossível não abrir um sorriso quando sei que a pessoa está segurando a interrogação, quase como se tivesse vergonha de perguntar “Por Deus é mesmo o seu sobrenome?“. Ouvindo a pergunta ou não, respondo: sim, “Por Deus” é um dos meus sobrenomes. Nicolle Por Deus. Mas você não precisa me chamar de Nicolle, tá? Ao longo dos meus 20 anos de existência ganhei alguns apelidos – estando entre eles os mais comuns, como “Niih” e “Nikki” – e você pode me chamar por um deles, se quiser.

Mas apelidos não foram as únicas coisas que ganhei ao longo de todo esse tempo. A vida me deu alguns presentes pra lá de especiais, como amigos queridos, algumas oportunidades únicas, um punhado de experiências loucas e várias lições importantes. Ela só não me deu o prêmio da mega sena, nhé.

Como não ganhei na loteria ainda, preciso trabalhar. Consigo conciliar meu emprego e meus freelas com a faculdade de Jornalismo. Apesar disso ocupar boa parte do meu dia, tento tirar algumas horas para ler, escrever e fotografar – mas como também não tenho o vira-tempo que Hermione utiliza n’O Prisioneiro de Azkaban, infelizmente não consigo essas horas preciosas tanto quanto gostaria.

Você já sabe o meu nome, os meus apelidos, a minha idade, o que eu faço da vida e alguns dos meus gostos. Resta saber que sou uma menina de visão embaçada, olfato aguçado e audição um tanto falha. Tenho paladar exigente, muitas vezes a minha falta de tato se faz presente e acredito no poder do sexto sentido, só não sei ainda do que o meu é capaz.

***

Todas as ilustrações foram feitas pela senhorita Amanda Belo e o trabalho dela não poderia ter me deixado mais feliz <3

Página 42 de 42«1 ...3839404142